Artigos

Coluna mensal de Rodrigo Andolfato no Jornal Folha da Região

Construindo uma nova cidade - parte 1

Publicação no jornal Folha da Região no dia 28 de julho de 2015

O desenvolvimento de uma cidade passa, necessariamente, por planejamento. Planejar o crescimento é uma das mais importantes estratégias para um município. Contudo, olhar apenas para os próprios “limites” restringe a visualização e a busca por alternativas que promovam grandes realizações. Considerar também as potencialidades “vizinhas”, e unir força com elas, é fundamental. Os setores imobiliário e empresarial, além da esfera pública, têm condições de alinhar objetivos para a construção de um futuro regional destacável. O momento é propício para essa reflexão, e também para a dissolução de competições e bairrismo.
 
A proximidade geográfica das cidades de Araçatuba e Birigui apresenta-se como uma grande oportunidade de desenvolvimento conjunto ao vislumbramos a possibilidade da criação de uma região metropolitana. Encurtar o “caminho” entre essas localidades não resultaria apenas em uma maior mobilidade urbana, mas principalmente, promoveria grande visibilidade regional no contexto nacional.    
 
Atualmente, essas duas cidades já contam com o intercâmbio de profissionais, de prestação de serviços, de ações institucionais e culturais, entre tantas outras contrapartidas. Mas ao se efetivar a “união” entre esses municípios, seria possível dar maior relevância ao potencial regional. Juntas, Araçatuba e Birigui podem alcançar, rapidamente, 400 mil habitantes – um número significativo, que pode ter influência, inclusive, no repasse de recursos, equipamentos, e projetos promovidos pelos governos estadual e federal.
 
Geograficamente, a concretização para a “união”, ou junção, entre essas duas cidades passa, principalmente, pela zona leste de Araçatuba, região em constante evolução há alguns anos. É nessa área que se encontra um importante hospital da cidade; o centro universitário que irá abrigar uma Faculdade de Medicina no município; um local reconhecido por contar com bairros planejados e aonde vem sendo construídas ofertas imobiliárias diferenciadas, que vão desde edificações de padrão popular até condomínios clube. Trata-se de um local estratégico para a efetiva urbanização entre os municípios.
 
Nesse cenário, Birigui será grande beneficiada com esse desenvolvimento, afinal, 80% das áreas urbanas que seriam construídas com essa “aproximação” estão dentro desse município. Espaço valorizado e propício para os mais variados tipos de empreendimentos.
 
Bairrismo, nessa história, não tem nenhum sentido pragmático. Não deveria impedir a evolução. Afinal, o que todos querem é “morar bem”, em um lugar que traga segurança, que tenha infraestrutura adequada, serviços de saúde e educação, perspectivas de desenvolvimento. Não deveria importar, necessariamente, se o “CEP” desse lugar se refere a Araçatuba ou a Birigui. Somando as potencialidades das cidades, encontramos as principais características dos grandes centros urbanos.  
 
A união é também uma resposta positiva a velhas sensações negativas da opinião pública sobre o “marasmo” do desenvolvimento local. Seria uma forma de eliminar expressões e questões como: “Araçatuba estacionou”; “A cidade nunca chegará aos 200 mil habitantes?”; “Birigui poderia crescer mais rápido”.
 
Regionalmente, as cidades vizinhas estariam cada vez mais bem amparadas, e teriam condições de se beneficiar desse grande centro urbano.
 
Vale destacar que esse desenvolvimento não tem vantagem nenhuma se não proporcionar qualidade de vida. E isso só pode ser conquistado, é preciso ressaltar, com planejamento. Ao contrário, o crescimento desordenado resulta na formação de áreas ocupadas indevidamente, favelas, caos urbano. A expectativa é que esse crescimento ocorra em paralelo com a oferta de garantias de melhores condições de vida para a população. Esse é o desafio.
 
O setor imobiliário e aqueles que investem nele devem estar atentos a essas questões. Empresários e as esferas públicas desses dois municípios precisariam estreitar relações e convergirem para o crescimento conjunto, usando as potencialidades naturais de cada uma dessas localidades. Se Araçatuba é referência em serviços para toda a região, Birigui é um expoente industrial; precisamos admitir/respeitar essas diferenças, que nos completam e nos fortalecem.
 

Rua José Lourenço, 650 • B. Concórdia 2 • CEP 16013-340 • Araçatuba/SP • Fone (18) 3117 5500 - Política de Qualidade